quinta-feira, 21 de abril de 2011

Resenha: Garota Americana 2 - Quase Pronta, Meg Cabot

Quase Pronta segue a mesma linha humorística do primeiro livro, um ano depois de Samantha Madison ter salvo a vida do presidente e engatado seu namoro com David, o filho do mesmo. Tudo parece estar perfeito, até que sua professora de Artes convida Sam para participar da aula de desenho vivo e David a convida para passar o feriado de Ação de Graças com sua família, em Camp David. O desenrolar do drama é hilariante pelo fato da personagem tirar suas próprias conclusões sobre os convites e acabar admitindo em rede nacional que ela e o namorado disseram "sim", quando, na verdade, nada disso aconteceu. De qualquer modo, o ponto fraco do livro foi o pouco tempo que Sam e David passam juntos. Tenho que admitir que isso parece aocntecer muito nos livros da Meg Cabot. O casal principal demora para conseguir ficar junto e, não me leve a mal, isso é bem legal, com todo o drama e tudo mais. Só que quando vi que tinha mais um livro, eu pensei que teria mais de Sam e David, dessa vez juntos e felizes. Mas a autora não trabalhou tanto essa parte, deixando mais para divagações da Sam e, apenas em poucas partes, as cenas tem participação do namorado dela, David. Entretanto, o ponto forte é a relação entre as irmãs Samanthe e Lucy, que é muito bem trabalhada nesse livro. Tem toda aquela coisa de "apesar de brigarmos, nós nos amamos" que existe entre irmãos.
É um livro muito bom e, igualmente ao primeiro, você só conseue parar de ler quando chega à última página.


Nenhum comentário:

Postar um comentário