sábado, 9 de abril de 2011

Filme: Amor sem Fronteiras

Olá pessoas :) Geralmente, eu só falo de filmes extremamente legais e super, super esperados. Pelo menos por mim. Mas não tem como não falar de Amor sem Fronteiras. Eu nunca tinha assistido e fiquei curiosa quando vi que ia passar na tv. Então, claro, resolvi assistir. E acontece que eu tive praticamente a maior lição de vida de todas. A miséria claramente exposta no filme, toda a pobreza de espírito e a violência explicita nas cenas, o horror das meras pessoas em países em eterna guerra civil, repletos de pobreza, escassez e raiva. Tive uma grande liçãod e amor para com o próximo e da própria superação da barreira da distância. Como você pode sinceramente amar uma pessoa que está longe, ou uma que você apenas conhece a história de vida e não a pessoa em si. Acima de tudo, tive a certeza de que, se bem feito, um filme pode tocar fundo o seu coração, fazendo-o parar e pensar na droga que está o mundo. São poucas e raras as coisas que me fazem chorar e isso definitivamente me arrancou lágrimas. Não sei e não consigo identificar o que o ser humano se tornou, mas, de fato, tenho certeza de que não é bom e se não mudarmos, as coisas apenas irão piorar até que todos acabem matando uns aos outros.


Sinopse
A inexperiente americana Sarah Jordan, que leva uma vida cheia de mimos na Inglaterra de 1984, vê o seu mundo virar de cabeça para baixo quando o Dr. Nick Callahan invade um baile para levantar fundos e faz um apelo enraivecido em nome das crianças sob os seus cuidados na África. Atraída por Nick e pela sua causa, Sarah troca o conforto de Londres pela dura realidade da África, do Camboja e da Chechênia para poder trabalhar ao lado do médico e mergulhar na renovada paixão pela vida que ele ascendeu dentro dela.

4 comentários:

  1. Eu acho esse filme lindo, uma história emocionante mesmo. Não tem como não chorar quando vemos a miséria na África, e apesar de ser um filme, isso tudo realmente acontece.

    ResponderExcluir
  2. Foi isso que eu pensei, que apesar de ser um filme de romance e drama, representa fatos, coisas que realmente acontecem e só de pensar que o filme provavelmente representou de uma forma mais 'leve' tudo o que acontece no mundo, não tem como não se emocionar.

    ResponderExcluir
  3. e muito bom mesmo...uma verdadeira lição...

    ResponderExcluir
  4. vi esse filme,e fiquei pensando como as vezes somos tao egoistas,consumistas,capitalistas, e esquecemos do outro.Do proximo,não precisa ver a miseria da Africa para ficar comovida.Mas se formos ver o que está acontecendo como o bullying,o preconceito,o despreso pelo outro,esta do nosso lado e acabamos fechando os olhos para ver a realidade.

    ResponderExcluir