sábado, 26 de fevereiro de 2011

Resenha: Entre Vivos e Mortos, Amy Mackinnon

"Não vou dizer a ele o que aprendi trabalhando com os mortos: que eles não voltam. Eles se vão para sempre, e não há justiça na morte."
Entre Vivos e Mortos, pg 47, Amy Mackinnon

Heei pessoinhas -er, eu assisto sim Eu, a Patroa e as Crianças ;*
Faz tempo demais que eu não posto resenhas :( Enfim.
Entre Vivos e Mortos tem uma leitura meio maçante, de certo modo. A história em si é boa, o enredo é bom também, um suspense que, de fato, gera suspense, mas o modo como a narrativa se desenrola é meio chato e as vezes você pode ficar tentado a largar o livro, mas a vontade de saber o passado da personagem principal e o que acontece com ela são mais fortes.
A história é pesada por levantar temas como estupro, gravidez proveniente do mesmo e todo o trauma que um acontecimento desses pode causar na vida de uma mulher. É chocante, na verdade. É triste e lindo ao mesmo tempo. A autora quase literalmente te dá um soco na cara de realidade.
Vale a pena ler (y)

Nenhum comentário:

Postar um comentário