domingo, 27 de fevereiro de 2011

Resenha: Aprendendo a Seduzir, Meg Cabot

Nem preciso falar muito sobre esse livro. Eu sou louca pela Meg Cabot e não tem um livro dela que eu tenha lido e que não tenha gostado. Os primeiros livros dela são de época, tipo A Rosa do Inverno e Aprendendo a Seduzir, mas mesmo com um estilo diferente e narrador em terceira pessoa, o carimbo Meg Cabot permanece e isso é muuuito bom. Admiro também o jeito como ela faz personagens tão cativantes. Tipo, Caroline e Braden são personagens completamente diferentes do Edward e da Peggin da Rosa do Inverno, mas são igualmente fascinantes. Tipo Suze e Jesse, Rob e Jess, Will e Ellie e por aí vai. Até a Mia e o Michel.
De qualquer modo, é legal ler de vez em quando as preocupações de antigamente. Quer dizer, a coisa mais importante para eles era casar, casar e casar. E, uma vez casado, não havia mais solução, mesmo que oc ara tivesse um milhão de amantes. Pelo amor de Deus, eu nem vou comentar isso.
Enfim, de qualquer modo, a história tem a mesma trilha de A Rosa do Inverno e vale muito a pena ler. Mas então eu sou suspeita pra falar.
Cara, é a Meg Cabot. Desculpa se ela é tipo a minha diva inspiradora.

Um comentário:

  1. Eu já li só que como "educanting Caroline", mas eu amei, por que como sempre a "meg" faz com que nos apaixonemos pelos seus personagens...
    Por isso espero que se encantem tanto quanto eu, é super romântico, e muito fofo.

    ResponderExcluir