domingo, 5 de dezembro de 2010

Resenha: O Guia do Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams

Então :) Eu li ele semana passada e não deu pra fazer resenha por motivos que eu já expliquei na outra postagem. Também não deu pra fazer ontem porque minha internet está, como eu digo isso de um modo realmente expressante, ah, já sei, uma completa merda.
É, eu disse.
Peguei o livro emprestado com minha amiga Carla heei amiiga :) por pura insistência dela e dela ficar dizendo coisas tipo "Você tem que ler! É muuuuito legal!". Aí eu fiquei curiosa, como qualquer pessoa normal ficaria.
E quer saber de uma coisa? Não me arrependo. O livro é muuuito legal mesmo. Fazia tempo que eu não ria tanto com um livro como ri com esse. Ah, mas eu não to incluindo os livros da Meg Cabot porque, bem, a Meg Cabot é meu ídolo forever e não tem como eu fazer uma comparação com ela.
Enfim, o livro fala sobre o fim do mundo e tal, mas o engraçado é que eles ficam tipo "Ah, tá bom, deixa eu só fazer minha mochila e a gente se manda para o vácuo do espaço sideral". É esse humor ironico e sarcástico que faz a gente ficar rindo internamente a cada linha que lê. Bom, pelo menos eu prefiro o humor sutilmente empregado entre as linhas. Sabe como é, aquela coisa de você xingar sem parecer que estar xingando e tal.
E tem também uns personagens tipo o robô depressivo, fikdik (# que são completamente esquisitos e aleatórios de se imaginar, tipo com quatro braços e duas cabeças, mas ainda assim você não sente que é absurdo imaginar aquilod evido as situações que o personagem se encontra. Aí você fica assim "Aaah, faz sentido ele ter duas cabeças".
Por aí.
Aliás, eu amei o robozinho depressivo. Porque elas tem que ficar tão felizes? Essas portas? hsudhfushdfuhs. Quer dizer, ele fez uma espaçonave se suicidar. E eu ri tanto com isso (#
Enfim.

xoxoxo :*

4 comentários:

  1. Rá :D
    Ela acabou de ler antes que eu..e tipo falou tudo o que o livro..:)
    bom pelo menos ela flou melhor que eu..que fiquei gritando super empolgada dizendo que ela deveria ler este livro ;)

    ResponderExcluir
  2. cara esse livro é muito bom , ainda agora q vc esta descobrindo leu lado nerd uahshasuah
    ele é pré-requisito .

    e o Douglas Adams era tão fodão que ele conta o final do livro , e ele continua muito bom .

    ResponderExcluir
  3. Carla, você praticamente me obrigou a ler o livro (# e eu, como maníaca compulsiva que sou, li :)
    hsdufhsuhf
    Gregorio, noticia: descobri que sou completamente nerd já faz um tempinho (#

    beijos :*

    ResponderExcluir