sábado, 13 de novembro de 2010

Resenha: A Batalha do Apocalipse, Eduardo Spohr

A Batalha do Apocalipse, da queda dos anjos ao crepúsculo do mundo:
Caaaaramba. Terminei de ler e fiquei tipo, omg *-* É muito, muito, muuuito bom.
A principio a gente fica meio assim por ser um livro brasileiro e nós meio que estamos traumatizados com a literatura nacional, mas todo esse temor desaparece quando lemos A Batalha do Apocalipse.
Sério, na boa, um dos melhores livros que eu já, muuuito bem escrito, enigmas com pontas soltas que se juntam no final, os mistérios não são resolvidos facilmente e você tem de prestar atenção aos detalhes da história para entender o final.
E cara, o final é tãaao legal !
A história gira toda em torno do Apocalipse, o fim da civilização humana, porém os personagens principais da história são os anjos e arcanjos, assim como demônios e feiticeiros.
Cara, as lutas são muito bem descritas, você fica cheio de adrenalina só de ficar lendo. Adoro livros que conseguem realmente transmitir o que é narrado, as sensações e emoções.
O protagonista é o anjo renegado - ou caído - Ablon, o qual contracena ao lado da feiticeira Shamira, uma humana que é imortal por causa de seus poderes e tal. Aliás, os feitiços são muito legais.
O autor conseguiu dar graça e novos significados apra a própria história, "desvendando" mistérios milenares, criando todo um universo único e completamente cativante, assim como seus personagens. Você se vê odiando e amando os personagens a medida que eles vão aparecendo e tomando seu lugar no enredo.
O poder sem igual dos arcanjos comparado ao poder extremo, mas se comparado ao deles, infime dos anjos, as castas celestiais, a natureza dos anjos... Cara, é super.
Aaah, dane-se, a história é toda boa - do inicio ao fim.

2 comentários: