terça-feira, 2 de novembro de 2010

nova fase )

Num minuto, estava tudo bem. No outro, tudo estava caindo. Quando foi que tudo ficou tão complicado? Quando foi que tudo que havia entre nós se perdeu?
Eu não percebi que estava acabando. Demorei para notar que acabou definitivamente.
E isso dói. Dói porque eu não esperava que acabasse, eu não queria que tivesse um fim. E dói saber que eu fui idiota por não perceber isso vindo.
Agora eu penso se vai ser melhor daqui pra frente. Particularmente, eu acho que vai. Mas, e agora? Como eu vou seguir em frente? Caminhar, dar mais um passo na minha vida sem você ao meu lado, como sempre esteve todos esses anos?
Tenho que ir sozinha agora, caminhar só, como um solitário viajante numa terra desconhecida.
Vai ser díficil, oh cara, eu sei que vai. Mas o que eu posso fazer para mudar isso? Nada. Tudo acabou e eu apenas tenho que seguir meu caminho, continuar sendo quem sempre fui. Vão haver outras amizades, vão aparecer outras pessoas. Eu sei que vai. Porque é sempre assim. Por mais que nós achemos que é para sempre - nunca é. Sempre acaba. Tudo tem um final e, muitas vezes, ele não é feliz.
Sei que vai ser díficil, mas eu vou conseguir. Não é como se eu não tivesse passado por isso antes, não é nem como se eu nunca tivesse ficado sozinha. Acho que nunca foi de verdade. Se acabou assim, se tudo terminou, escorreu por entre meus dedos assim... Então não era real. Era mais uma ilusão nessa vasta tela que é minha vida.
Eu tentei. Posso dizer que tentei. Posso dizer que tentei de tudo, tentei resgatar você. Mas você, inconscientemente, não deixou ser resgatado. E agora está afundando e eu não tenho como te tirar do meio do lago.
Não vou chorar. Não por você, uma pessoa que nunca chorou por mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário