sábado, 28 de agosto de 2010

dicas /

Oi gatos :)
Então, hoje resolvi postar sobre um livro que eu já li faz tempo, mas que adorei, que seria o Viagem ao Centro da Terra. Eu li o livro do Julio Verne, aquele que foi adaptado pro cinema. Mas claro que o filme teve um enredo atual e tudo o mais, entretanto, segue praticamente a mesma linha de acontecimentos do filme, exceto pela personagem feminina do filme ser, no livro, apenas um guia turistico homem. Mas tanto faz, eu gostei tanto do livro quanto do filme, o que, vamos combinar, é uma raridade.
E por segundo, Meu ñão Mora mais Aqui, um livro brasileiro, escrito por Caio Riter. Sim, é um livro brasileiro e eu gostei dele. Podem pasmar, eu deixo. É bem legal e ei, não é escrito por hobby, esse livro foi publicado mesmo, eu tenho ele em mãos como tenho o Viagem ao centro da Terra.
Seguem sinopses e capas :*

Viagem ao Centro da Terra, por Julio Verne
Na sua tranquila casa de Hamburgo, o excêntrico Professor Lidenbrock descobre, por acaso, o manuscrito de um alquimista islandês do século XVI, no qual este revela ter atingido o centro da Terra através da cratera do Sneffels, vulcão extinto da Islândia. Seguir-lhe as pisadas é a determinação imediata do sábio que, logo um mês depois, inicia a sua arriscada viagem na companhia do sobrinho Axel e de um guia local chamado Hans. Os três homens penetram pois, nas entranhas do globo terrestre, mas muitas e pasmosas surpresas os aguardam, ultrapassando mesmo todas as mais ousadas expectativas de qualquer dos viajantes: depois de percorrerem inúmeros poços e corredores deparam com uma caverna enorme na qual existe um mar, atravessam uma floresta de cogumelos, assistem a um combate de monstros pré-históricos e chegam a ver, vivos, os homens da era terciária representados por gigantes que se dedicam ao pastoreio de mastodontes.

Meu Pai Não Mora Mais Aqui, por Caio Riter
Letícia e Tadeu contam os seus amores escondidos, os afetos e desafetos pelo mundo adulto, as curtições e as carências, a separação entre pessoas queridas e a amizade, até mesmo o próprio sentido da morte e da solidão.

4 comentários:

  1. Julio Verne é praticamente meu mestre, mas não conhecia o livro de Caio Riter, parece divertiro (corre atras do download)

    ResponderExcluir
  2. sim, é bem legal (:
    vou ver se acho sim (y

    ResponderExcluir
  3. ah, obrigada amanda, mas meu ''corre atras do downloada'' se referia a mim mesma :3
    obrigada a gentileza de qqr forma, mas ja encontri um amigo que tem o livro então lerei ...ao vivo (?)-o que é bom, o ultimo que li 'ao vivo' foi Fisica para Cientistas '-'

    ResponderExcluir
  4. HUSDFHSUFHUS
    estamos bem Ana (#
    aah tudo bem então (: encerrando minhas buscas frenéticas por um ebook -qq
    beeijo :*

    ResponderExcluir