domingo, 11 de julho de 2010

the mortal instruments, book one #

Ah cara, eu vou terminar ele agora a noite, mas meu, eu vou tentar não começar a delirar com minhas teorias para o fim, já que amanhã eu vprovavelmente vou postar minha opinião final porque eu já vou ter acabado o livro, mas eu preciso dizer isso:
O QUE É O JACE??!!
OMG, ele é completamente tudo, tudo e tudo que uma garota quer. Eu achei todos os meus mocinhos preferidos em um só. Jace Wayland é simplesmente a cruza de todos meus mocinhos preferidos em um só. Como eu queria adorar um mocinho com todas essas qualidades...
"segundo dizem, tenho olhos dourados" (...) "descritos como iluminados." -riii tanto *-*
E a hora que ele conta a história do falcão pra Clary e ela percebe que a história é sobre ele e não sobre um simples garoto Caçador de Sombras... Ah, eu adorei tanto *-*
Eu ameei de paixão a história, o clima do livro e aquela coisa de não ser amor a primeira vista, um amor que a convivência vai despertando, simplesmente porque isso é a realidade. Nunca me apaixonei a primeira vista e, sério, eu não sei realmente se isso existe.
Eu só não gostei de uma coisa: porque as mocinhas não podem ter um melhor amigo que seja só um amigo em vez dele se apaixonar por ela ou qualquer coisa assim? Será que sou só eu que acho repulsiva a ideia de beijar meu melhor amigo? E fiquem certos de que esse sentimento é recíproco, completamente e totalmente recíproco.
Mas eu tenho certeza que a Clary vai perceber que o cara certo pra ela é o Jace, que ele pode ser meio metidinho, mas que ele tem jeito se encontrar o amor verdadeiro, o qual ele já encontrou, só que ainda não se deu conta disso. Ou se deu, ainda não deixou claro, pelo menos não até onde li.
Eu to naquela parte em que eles acabam de fugir na moto de um bando de vampiros e lobisomens, tudo para salvar o Simon que virou um rato. Gente, esse Simon me irrita seriamente as vezes. Tipo, oi gente, pra que virar um rato? Porque beber aquela bebida quando disseram pra ele não beber? Dãr, mundanos. -hihi
Ah, pode ser que tenha tido uma demonstração de amor sim. Tem aquela hora que eles estão jantando comida chinesa e discutindo sobre a mãe da Clary e então o Jace diz algo sobre a cabeça da Clary e as memórias ocultas dela e ele se inclina todo na mesa e toca o rosto dela e diz que "está tudo aqui, debaixo desses lindos cachos vermelhos". Se isso não foi uma demonstração de, pelo menos, carinho, eu não sei o que foi. E a parte que ele simplesmente esta deitado na cama dela olhando os desenhos dela, conta aquela história super intima da vida dele pra ela e toca o rosto dela antes de ir embora... Bom, eu diria que, no minimo, o cara está a fim de alguma coisa.
Viu, ele ama ela, eu sei disso. -haha
OMG, Alec gay? Eu queria que ele tivesse um tórrido caso com a Clary :((( tipo, olhos azuis garrafa? Um azul escurão daqueles que te deixam refletindo sobre o que ele está pensando? (6 ah, eu queriiiiiia tanto que ele e a Clary tivessem um afair *-* Tipo, mas só uns peguetes, porque a Clary e o Jace são forever
 E eu faleei que não ia ficar delirando. Okey, amanhã eu posto alguma coisa sobre o que eu achei do final e se o Jace é realmente o par dela na série ou se eu simplesmente me enganei e estou nutrindo esperanças falsas que jamais poderão ser alcançadas.
Mas eu sei que os dois foram feitos um para o outro.
Tá, agora eu parei de verdade. Bjs.

7 comentários:

  1. Eu amo o Jace ele é perfeito *.*
    Você vai ter uma grande surpresa envolvendo o Jace e a a Clary no final de City Of Bones rsrsrrsrsr

    Bjs
    Melissa's

    ResponderExcluir
  2. eu tenho muita raiva pq faz tempo q eu procuro esse livro e eu nunca acho

    ResponderExcluir
  3. Oi...
    Ok, me convenceu!
    Até agora tuas indicações acertaram...Então tudo indica que esse Jace vai ser meu próximo amor platônico..rsrs
    Beijuss

    ResponderExcluir
  4. Aqui tem esse livro para baixar, fiquei muito interessada.Obrigada.
    Há parabéns adoro seu blog.

    ResponderExcluir
  5. Melissa, eu quase morri três vezes quando eu li !! OMG, eu simplesmente fiquei completamente pasma.
    Dayane nem vem. O Jace é o MEU amor platônico, ok? Eu li ele primeiro (y) hahahah :)
    Beatriz, eu coloquei o link pro download aqui na aba de downloads do blog. Se vc não conseguir acessar e ainda quiser ler, me manda teu endereço de email que eu te envio os três ^^
    Obrigada Elessandra *-*

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei os intrumentos mortais li nas férias de finais de ano, gostei tanto que li de novo, e Amanda adoro totalmente suas teórias e te confesso que na maioria das vezes concordo com elas.

    Quelle

    ResponderExcluir
  7. hahah, sou uma pessoa extremamente criativa. #er, nem me achei agora. -brinks.
    eu simplesmente preciso colocar pra fora minhas teorias malucas e eu realmente fico aliviada que alguém concorde com elas :D me faz não sentir tão louca assim.

    ResponderExcluir