sábado, 6 de fevereiro de 2010

Carnaval, uh .

Sinceramente, existe feriado mais tosco? Okey que dois dias sem aula é tipo, uma euforia total, mas fora isso, existe algo produtivo nesse período de tempo?
Eu particularmente odeio os desfiles que ocupam toda a grade das emissoras durante algumas noites consecutivas, o que por si só já é bastante irritante, sem contar a tarde inteira que é dedicada a apuração das notas das escolas. Sério, aquela voz do locutor dizendo "VI-LA I-SA-BEL [...] Pausa dramática [...] NO-VE PON-TO CIN-CO" Diabos, porque ele não fala nove e meio e sem separar as sílabas?! E, vamos conver, quem se importa? Um monte de mulher rebolando com a bunda de fora? Grande coisa. Daqui a pouco o cartão postal do país vai ser uma grande bunda bronzeada usando fio-dental. É seriamente deprimente. Confetes, serpentinas, purpurina e cara :# Eu ODEIO purpurina ! É tudo tão... sem propósito. Parece mais um período de tempo que os caras arrumam para pegar o quanto de mulher for possível. É tão vulgar. Bom, até meu melhor amigo admite que no carnaval é melhor não estar namorando por via de porres futuros que muito provavelmente geraram adereços a cabeça da infeliz namorada.
Sabe, eu penso assim, você tem que ser sincero e autêntico, ser você mesmo não importa o quê. E, eu posso estar viajando, mas eu acho que você não tem que ir a uma festa de carnaval ou fingir que gosta do feriado só porque metade da penca de gente que você conhece gosta. Você tem que expor as suas opiniões, deixar claro quem você é, porque senão quando você se der conta, você já vai ter perdido toda a sua essência e a sua essência é algo que não se pode perder.
Leiam aqui um artigo da Wikipédia e tipo, o carnaval era (ainda é? O_o) uma festa religiosa, mano :@

Nenhum comentário:

Postar um comentário