sábado, 12 de dezembro de 2009

Rsenha: Vampire Kisses, Ellen Schreiber

Li e ameeei. ♥
Gostei muito porque primeiro não é aquela leitura que você começa a ler e percebe que a autora esta tentando te converter a gótica, não, é uma leitura com objetos e conceitos góticos, mas sem um fanatismo ou um argumento muito excessivo e maniaco por goths, é legal, descobri coisas a mais sobre goths, a autora descreve de um jeito que acaba com qualquer preconceito que você tenha sobre eles, pois apesar de se vestirem deiferente, tudo extremamente preto e as maquiagens fortes, goths são pessoas como qualquer outros; sofrem os mesmos dramas adolescentes, mesmas inrigas familiares e mesmos desastres amorosos. Também a leitura não é aquela coisa toda melequenta de romances, tipo: 'como eu amo você' e 'tudo seria suportável se eu tivesse você ao meu lado por toda a eternidade'. Ugh. Tipo, romance assim é legal e pá, mas cara, de vez em quando. Não aguento ler muito romance assim seguido, enjoa demais e estraga a série. Sem querer comparar nada, mas Crepúsculo chegou a ficar quase chato de ler no final do Amanhecer /pronto falei. Vamos dizer que Vampire Kisses é similar a The Morganville na questão 'nada está sempre bem', pelo menos não até agora(:
O conceito de vampiros que Ellen Schreiber coloca, é o de não ter reflexos, não comer alhos, sempre deixar em sua residência um pote com um pouco de terra do seu país natal, super velocidade, transfiguração em morcegos - o que eu particularmente achei muito show *-* Depois de Drácula de Bram Stoker, nunca mais vi vamps transformados em morcegos - enfim, o conceito dela é bem romeno, bem estilo Drácula. A diferença esta na personalidade do nosso amado Alexander, ele não é tipo um malvadão na histório, apenas o par romântico da Raven. Curti altos, recomendo total{;
E pra quem quer saber o que acontece no livro sem precisar ler ou só está curioso, postei o resumo do livro. Quem quiser muito ler o livro e não quiser saber o que acontece, não aconselho a ler o resumo porque eu coloquei praticamente todas as coisas importantes e woow que acontecem.

Resumo de Vampire Kisses - Book 1 :B (contém spoilers)
Digamos assim: Eu li Vampire Kisses e simplesmente adorei! (: Sim, ele é legal.
É um romance gótico entre uma adolescente gótica, Raven, que faz a diferença na pacata cidadezinha onde mora e entre o novo morador de Dullsville: um lindo gótico e - vampiro. Nesse livro o mundo vampiresco é oculto, tipo, surgem boatps que Alexander e sua família são vampiros, mas apenas boatos. Raven acaba ficando fissurada nisso, pois sua aspiração de vida é ser uma vampira. Surreal, mas legal. Num belo dia, ela recebe um convite totalmente formal para ir até a mansão de Alexander para um jantar, o qual ela recebe através de seu mordomo/amigo Jameson - O Cara Assustador. Até aí ela apenas acreditava nos rumores e queria saber se eles realmente eram vampiros e assim, calar a boca da cidade fofoqueira para que os Sterlings tenham uma vida em paz em Dullsville. Ela acaba não descobrindo o que queria, mas apaixona-se pelo seu Alexander - O Principe Gótico. No fim das contas, eles acabam namorando, mas Trevor, inimigo humano mortal e maudoso de Raven - uma situação cômica se querem saber - acaba estragando tudo com a revelação de algumas muitas coisas sobre o que Raven fez no começo de tudo, antes de conhecer Alexander e descobrir que ele era o verdadeiro amor de sua vida. Tudo na vida dela desmorona a partir daí, mas então a cidade finalmente organiza uma festa de boas vindas para os Sterlings, resultado de umas boas verdades que Raven falou para todos no baile de inverno quando Trevor estragou a vida dela. Ali eles se reconciliam e no final da festa, quando ela esta indo embora e simplesmente pega seu espelhinho de bolso para retocar seu batom preto, totalmente conformada de que vampiros não existem, ela não consegue ver o reflexo de seu amado na soleira da porta - e ela tinha certeza de que ele estava lá, pois ela virou-se duas vezes para certificar-se. Ela tenta bater na porta da mansão e falar com ele, mas tudo em vão, Alexander a ignora. Raven vai pra casa pensando que ela tinha de dizer a ele, deixá-lo saber que ela o ama de qualquer jeito, não importa o que. No dia seguinte ela vai procurá-lo na mansão, mas o portão que sempre havia ficado aberto para ela, estava trancado. Raven pula o muro e contorna a casa depois de muito bater na porta. Ela vai para a janela quebrada por onde ela já tinha entrado uma vez e lá ela acha um envelope endereçado a ela. Dizia "Porque eu te amo." Alexander tinha ido embora, suponho eu que para deixá-la segura, mas ainda não sei, porque o livro 1 acaba mais ou menos assim, com Alexander sumido e Raven louca para achá-lo e o livro 2 começa com ela investigando onde ele poderia estar e então ela sai numa "visita a sua tia querida", o que maquia seu verdadeiro motivo: Achar o amor da sua vida. :D

Enjoy :*

Nenhum comentário:

Postar um comentário