sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

A Hospedeira - Steph

Okey, eu confesso. Não tive saco nenhum pra ler The Host, da Stephenie Meyer. Só consegui ler um pouquinho do prólogo.É que tipo, começo tosco e termino ainda mais tosco ainda. O tald o doutor 'Vau Aguas Profundas' (sim eu sei, tmb achei o nome totalmente ridiculo) estava implantando um alma (sim, foi isso mesmo que eu escrevi) num corpo e tinha um monte de gente (ou et - não deu pra entender) ao redor observando porque nunca tinham visto um 'deles' (julgo que por 'deles' esta se referindo à humanos) vivos. Bom, totalmente compreensivel a minha falta de gás para ler The Host. Então eu simplesmente fechei a janela, abri a pasta 'Livros' no meu computador e selecionei 'The Morganville Vampire' e abri o arquivo '1-Glass Houses-Rachel Caine' e comecei a reler o primeirissimo da minha amada série MV *-* Não que eu não goste da Steph, mas eu não estava com nenhum saco para ler ficção cientifica, muito menos sobre ets que implantamalmas nos corpos humanos. Faaala sério.

Enjoy amor's(:

2 comentários:

  1. Então, sobre o livro a hospedeira, realmente eu também quase não tive saco para ler o começo, não entendi quase nada, mas quando vc chega no meio da história tudo começa a fazer sentido, sem contar o triangulo amoroso que é muito da hora, primeiro a alma que foi implantada no corpo hospedeiro se apaixona pelas memorias do namorado da hospedeira e quando ela consegue achar o esconderijo dele, ele praticamente trata ela que nem cachorro, ela tenta conquistar a confiança dele e dos outros que estão no esconderijo, alguns confiam e outros não, até que ela faz amizade com Ian um cara super gostoso que de inicio queria matar ela, mas depois de um tempo de convivência começam a se entender e ele se apaixona por ela, e ela fica completamente balançada.... Leiam, a metade e o fim compensam o começo!!!!

    ResponderExcluir
  2. Hmm.. Isso me fez refletir agora (: Vou ler sim e vamos ver no que dá(: Obrigada^^

    ResponderExcluir