domingo, 29 de novembro de 2009

A Mediadora | Meg Cabot | Novas Capas (:

Há um tempinho atras a editora relançou o livro com as novas capas. Porém, ninguém parece se preocupar que nós, os fãs, amamos elas e achamos muito melhores que as outras e precisamos comprar *-*, pois tem poucos lugares onde você encontra todos da série com as novas capas. Enfim.

Sinopses:

01. A Terra das Sombras
Suzannah Simon sempre quis ser uma adolescente comum: sair com garotos, compras no shopping, toneladas de amigas... porém, nunca foi possível. Ela recebeu o "dom" de ser uma mediadora, uma pessoa que fala com mortos e tem de cumprir suas pendências nesse mundo. Para Suze, há dois métodos específicos de mandar um morto para o outro mundo: (a)Diálogo. (b)Porrada. Quando sua mãe se casa novamente, ela se vê obrigada a viajar de Brooklyn, NY, para Carmel, Califórnia. Ela não imagina como sua vida pode mudar. Ela descobre que em seu quarto há um fantasma, Jesse. Ela logo percebe que seus problemas não estão em casa, e sim na escola. Lá, vive um fantasma de uma garota, Heather, que se matou por causa do namorado. Agora, ela representa um perigo não só para seu ex - namorado, mas para todos na escola.

02. O Arcano Nove
Suzannah continua literalmente apaixonada por um sujeito de outro mundo. O fantasma do bonitão Jesse, que vive aparecendo em seu quarto, mexe com o coração da adolescente. Mas Tad Beaumont, o garoto mais descolado e rico da cidade, também entra no páreo. E com uma vantagem inegável: ele está vivo. O rapaz convida Suzannah para uma festa, onde ela pode ganhar seu primeiro beijo.
Enquanto lida com os ciúmes de Jesse e as investidas de Tad, Suzannah precisa resolver o assassinato de uma mulher que aparece aos gritos em seu quarto. Noite após noite a mesma coisa se repete. Com a imaginação fértil da idade, Suzannah logo cria várias hipóteses para o "assassinato", mas sua principal preocupação é descobrir quem é aquela mulher. Afinal, apesar de sentir compaixão pela desconhecida, a menina gostaria de poder dormir. Além de tudo isso, Suzannah precisa fazer o que os adolescentes fazem: estudar, badalar, e se ajustar a uma nova família, que inclui um pai adotivo e três irmãos postiços. O relacionamento com Tad vai tomando forma ao mesmo tempo em que Suzannah se envolve na busca do misterioso passado do pai do garoto. Só mesmo a mediadora para transformar a chance de um namoro feliz em risco de vida.


03. Reunião
Suzannah é uma adolescente como outra qualquer. Bem, quase...Ela tem um pequeno segredo: é uma mediadora. Fala com fantasmas e os ajuda a descansar em paz. Um dom um tanto incomum para ser divido com os colegas, irmãos e até mesmo com a mãe. Mas de uma pessoa Suzannah não conseguirá esconder seu segredo. Gina, sua melhor amiga de Nova York, está na cidade passando uns dias com ela. Durante sua estada, quatro adolescentes morrem num acidente de carro. E Suzannah se vê obrigada a abrir mão de seus dias tranqüilos com a amiga para ajudar as almas penadas. E para isso, ela precisará contar cm a cobertura de Gina. E, para piorar, ela tem que fingir que está apaixonada por MIchael Meducci, o nerd de sua sala, que também se envolveu no acidente e agora é alvo dos fantasmas.

04. A Hora Mais Sombria
Quem estará no quintal de Suzannah? No quarto livro da série ´A Mediadora´, Suzannah recebe a visita de uma fantasma do século XIX, aparentemente enterra no quintal de sua casa. A ser-do-além é (ou era) simplesmente a noiva de Jesse, fantasma pelo qual Suzannah é apaixonada.

05. Assombrado

Suzannah está de volta às aulas, mas os fatos levam à crer que o ano letivo não será dos mais calmos. No primeiro dia, ela é abordada por um novo aluno, um garoto bonitão, mas de quem ela tem motivos de sobra para manter distância. No último verão, Paul Slater dera sinais de que não merecia confiança e de que, por trás de seu rostinho bonito, há um meinomuito mal.


06. Crepúsculo
Desta vez é vida ou morte. A série A Mediadora, de Meg Cabot, chega ao fim com Crepúsculo.
Suzannah Simons, uma adolescente nova-iorquina que poderia ser tachada de comum se não tivesse o dom - ou seria a sina? - de falar com os mortos, terá que tomar uma difícil decisão. Suzannah já se acostumou com os fantasmas em sua vida. Eles a acordam no meio da noite, reviram seu armário e aprontam coisas ainda mais sinistras. Como mediadora, pode não somente ver fantasmas, como também interagir com eles. E foi assim que se apaixonou por Jesse, um gato do século XIX. Mas, suas questões vão muito além de assuntos do coração: sua função é entender as mágoas dos mortos e ajudá-los a resolver os problemas com os vivos. Quando ela e Paul Slater - mediador de força inegável e intenções dúbias - descobrem que seus poderes vão muito além de ajudar fantasmas a resolver seus problemas terrenos, Suze pira de vez. É muito aterrorizante ter o destino dos fantasmas em mãos, podendo alterar o curso da história, principalmente porque Paul também sabe como fazer isso. E ele adoraria evitar o assassinato de Jesse, impedindo-o de virar fantasma e lhe garantindo uma vida tranqüila, finalmente... mas no século XIX. Isso significaria que Jesse e Suzannah jamais se conheceriam. Suze então está diante da decisão mais importante da sua vida: deixar o único cara que já amou voltar para seu próprio tempo, impedindo assim sua morte... ou ser egoísta e mantê-lo a seu lado como um fantasma. O que Jesse escolheria: viver sem Suzannah ou morrer para amá-la?


4 comentários:

  1. Menina, adorei seu blog tbm!
    Eu lí esses livros e achei eles perfeitos!
    A Mag cabot é mara.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  2. Menina, ri horrrores com teu blog, sério, nunca para de escrever nele *-* Beeeeeijos

    ResponderExcluir
  3. estou te seguindo no blog...
    me segue tbm???
    bjos
    adorei o seu blog

    ResponderExcluir